Busca:
 
Artigo
 
Artigo: As vantagens de viajar
Área: Relações internacionais
Autor(es): Cibelle de Carvalho Bueno | | | | | | | | |
 
Viajar hoje em dia pode ser considerado um investimento, um investimento pessoal. Seja para incrementar seu currículo com um curso no exterior, ou simplesmente para crescer como ser humano, aprender mais sobre você mesmo. Viagens internacionais são ainda mais enriquecedoras, pois nos colocam diretamente em contato com uma nova cultura, diferentes hábitos, costumes, gastronomia, o que faz de cada viagem uma experiência única. Viagens nacionais também são excelentes, pois em países grandes como o Brasil, cada região tem um costume diferente, um sotaque diferente, e a culinária bem diversificada.

Viajar sozinho, ou acompanhado depende do gosto de cada um, mas uma coisa é certa, sempre que se sai do seu local de convívio, se aprende algo novo. Mas para curtir bem uma viagem é necessário partir com a mente aberta. O diferente não quer dizer ruim ou errado, o diferente é simplesmente diferente.

Para se colocar em contato direto com a cultura local o melhor é tentar sair um pouco do roteiro turístico padrão e fazer amizades locais (que pode indicar roteiros de visita alternativos, e mais interessantes); além disso, o turista e a população local podem trocar experiências e aprender um pouco mais sobre a cultura um do outro, o que acaba sendo uma excelente experiência tanto para o visitante, quanto para o habitante local. A língua às vezes acaba sendo uma barreira, mas mímicas e um bom guia de conversação podem resolver esses problemas.

Antes de viajar, a melhor coisa é pesquisar um pouco sobre o lugar a ser visitado, verificar a necessidade de tomar vacinas, tirar vistos, verificar o clima, e principalmente verificar um pouco dos costumes locais, para não errar na hora de preparar as malas, e nem na hora da chegada. Para ganhar a simpatia de qualquer um, aprenda pelo menos algumas palavras importantes na língua local, como “Oi”, “Como vai?”, “Bom dia”, “Por Favor” e “Obrigado”. Começar uma conversa na língua local sempre abre portas para a pessoa te ver bem, te atender bem, pois mostra interesse por parte do turista.

O que é considerado comum em alguns países é estranho em outros. Os comprimentos, a maneira de comer, o tipo de comida, as religiões, os hábitos rotineiros, tudo é bem diferente quando nos afastamos de nossa “casa”. E a educação é muito diferente, o que faz com que cada povo seja único, e quando imergimos nessas culturas podemos agregar a parte boa de todas elas e viver melhor e mais felizes.

Viajar é agregar uma bagagem cultural, o que pode ajudar na vida pessoal, na vida profissional, e inclusive mudar a sua visão de mundo – e a visão que você tem de si mesmo. Viajar abre seus horizontes e lhe mostra diferentes possibilidades e pontos de vista.
 
Outras Informações:
RiansiDesign